Investigação aponta que caseiro supostamente morto por porco foi esfaqueado

A vítima sangrou até morrer após ser vítima de uma mordida de porco na perna
Por Redação

A polícia civil por meio do DHPP realizou uma investigação a cerca da morte de um caseiro identificado como Antônio Marcos Vieira Gomes, de 48 anos, que morreu após supostamente ter sido mordido por um porco, na última terça-feira 20, em uma propriedade rural na zona sudeste de Teresina.

A polícia militar recebeu a informação de que a vítima estaria dentro de um criatório alimentando os animais quando foi mordida por um porco e morreu no local.

Um laudo cadavérico feito pelo Instituto de Medicina Legal (IML) determinou que a causa real da morte teria sido uma facada desferida na vítima antes da mordida de porco. A facada atingiu a artéria femoral localizada na perna direita da vítima, conforme aponta o laudo, já a mordida do animal teria sido na perna esquerda confirmando assim que ele morreu não devido a lesão causada pela mordida e sim por conta do sagramento causado pela facada.

A partir do documento, o DHPP investiga agora o caso como homicídio.