Comandante do Hamas que usou reféns como escudo humano é morto, diz Israel

Ahmed Siam manteve cerca de mil pessoas reféns em um hospital em Gaz
Por Redação

Foto: Divulgação XAhmed Siam
Ahmed Siam

Um porta-voz do Exército de Israel anunciou neste sábado 11, que Ahmed Siam, apontado como comandante do Hamas que mantinha cerca de mil pessoas como reféns em um hospital em Gaza, foi morto. Ainda de acordo com o Exército de Israel,  Ahmed Siam exemplifica o uso pelo Hamas de civis em Gaza como escudos humanos para atividades terroristas.

Informações dão conta de que Ahmed Siam foi morto junto com homens que estavam sob seu comando.

Saiba mais sobre: