Presidente da Rússia manifesta apoio a Lula contra atos antidemocráticos

Vladimir Putin criticou violência de bolsonaristas e deu apoio a Lula
Por Redação

Foto: Reprodução/ kremlin.ru/Putin criticou violência de bolsonaristas e deu apoio a Lula
Putin criticou violência de bolsonaristas e deu apoio a Lula

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin condenou nesta segunda-feira(9), os atos antidemocráticos realizados por ativistas bolsonaristas em Brasília-DF, neste domingo 8.

Em sua fala à imprensa, o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, informou que o governo da Rússia "condena da maneira mais firme as ações de instigadores de distúrbios e apoiam plenamente o presidente brasileiro Lula da Silva".

Os manifestantes bolsonaristas radicais furaram um bloqueio, entraram na Esplanada e invadiram o Congresso Nacional, em Brasília, na tarde deste domingo (8). Centenas de pessoas conseguiram invadir o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto. 

Durante a invasão, vidraças e móveis foram quebradas, obras de arte e objetos históricos foram vandalizados, gabinetes de autoridades foram invadidos, documentos foram rasgados e armas foram roubadas.

De acordo com o STF a equipe de segurança do Supremo e a tropa de choque conseguiu retomar o prédio e pelo menos 300 pessoas foram detidas.