Polícia revela que adolescente Maria Camila teria mandado matar ex-namorado

Investigação aponta que a jovem estava inconformada com o término do relacionamento
Por Redação

Foto: Divulgação polícia MilitarJonas da Conceição é apontado como executor de ex-namorado de Maria Camila
Jonas da Conceição é apontado como executor de ex-namorado de Maria Camila

Um novo inquérito policial que apura a morte de Maria Camila Ferreira Silva, 16 anos, morta em um Tribunal do Crime, em abril deste ano, foi aberto pelo Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O delegado Danúbio Dias, responsável pela investigação, concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira 9 em que revelou detalhes novos sobre a investigação. Segundo ele, a adolescente teria mandado executar seu ex-namorado identificado como Luan Sousa Américo, morto com quase 20 tiros, em novembro do ano passado. Agora a polícia trabalha com a hipótese de que a morte da adolescente esteja relacionada com este crime ao invés da hipótese anterior que apontava uma possível disputa entre facções como principal motivo do assassinato da jovem.

O novo inquérito foi aberto após a prisão de Jonas da Conceição da Silva, acusado de matar Luan a mando de Maria Camila. Ele foi preso na última segunda-feira 8, no bairro Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina.

Ainda de acordo com o delegado, as investigações agora avançam para que seja descoberto o real motivo da morte da adolescente.