Teresina firma parceria com o Exército no combate ao mosquito Aedes aegypti

Parceria tem o objetivo de realizar atividades e tarefas relacionadas à prevenção e ao combate
Por Redação

Foto: Dantércio Cardoso / SEMCOMPrefeitura de Teresina firma parceria com o Exército no combate ao Aedes aegypti
Prefeitura de Teresina firma parceria com o Exército no combate ao Aedes aegypti

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, participou, nesta terça-feira (28), de solenidade que firma a parceria com o Exército Brasileiro (25 BC) no combate ao mosquito Aedes aegypti. O trabalho será de prevenção ao mosquito causador das doenças da dengue, Zika e Chikungunya que atua, principalmente, no período chuvoso.

Dr. Pessoa falou da importância da parceria para a saúde pública da capital. “Estamos trabalhando com um olhar preventivo, buscando a eliminação do mosquito causador da dengue e de outras doenças. O Exército Brasileiro sempre foi nosso parceiro, não só na sua missão que é proteger a pátria, mas as questões sociais, as políticas, porque aqui é uma questão social que assola todo o Brasil”, destacou.

A parceria tem como objetivo de realizar atividades e tarefas relacionadas à prevenção e ao combate ao mosquito Aedes aegypti em Teresina, onde foi feito um mapeamento das principais áreas que apresentam grandes índices de doenças causadas pelo mosquito, locais esses que serão o foco inicial do trabalho das equipes.

O trabalho se inicia hoje, onde une os agentes de endemias e o Exército Brasileiro, totalizando 300 homens em campo que passarão pelos bairros Cabral, Morro da Esperança e Porequanto. Inicialmente, os agentes vão atuar em 134 quarteirões, visitando e orientado a população sobre a prevenção e eliminação do Aedes Aegypti.

Segundo o comandante do 25BC, Tarabossi Sérgio, o Exército já tem uma experiência na realização deste trabalho, sempre exercendo-o com compromisso e dedicação, no servi a população brasileira.

“O 25 BC tem um legado histórico de apoio à sociedade, no qual esta parceria com os agentes de endemias do município será significativo, na conscientização da população, no combate ao mosquitos causador da Dengue, Chikungunya e Zika. A primeira fase do trabalho foi a capacitação de todo o pessoal envolvido que vão visitar e orientar a população. A partir daí nós vamos trabalhar em conjunto, então sempre vai ter uma dupla junto com os agentes de endemias para poder cumprir a missão”, ressaltou.

De acordo com o gerente de Endemias, Élcio Leite, o momento é de conscientização da população com o intuito de diminuir as transmissões do vírus do mosquito que são frequentes em ambientes sujos e de acúmulo de água.

“É um trabalho de prevenção de conscientização de nossa sociedade, as pessoas precisam entender que algumas ações e atitudes básicas são necessárias no combate a proliferação do mosquito e consequentemente de doenças ocasionadas por ele. Deixo aqui um recado importante para Teresina que a população receba nossos agentes, contribua com o nosso trabalho, onde venceremos essa batalha, assim, promovendo a saúde pública”, enfatizou Élcio.