Teresina terá vacina para crianças de 6 meses e menos de 3 anos com comorbidades

Os pais devem marcar dia e hora previamente no site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br
Por Redação

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) iniciou nesta quarta-feira (16) a vacinação de crianças contra a Covid que tenham entre seis meses e 2 anos, 11 meses e 29 dias e que tenham comorbidade. Para ter acesso à vacina, os pais devem marcar dia e hora previamente no site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/. Em Teresina, o sistema está disponível desde a última segunda-feira (14) para agendamento da população.

A técnica em enfermagem Tâmara Camila Carvalho fez o agendamento para vacinar a filha Maria Eduarda, de 2 anos e 7 meses, que tem cardiopatia congênita. Na manhã de hoje ela levou a menina a UBS do Poty Velho.

“Eu contava os dias para chegar esse dia de hoje de ver a minha filha vacinada. Todos os pais e responsáveis pelas crianças devem vacinar os seus filhos porque é a única garantia de ter mais saúde”, diz.

Quem também levou a filha para vacinar hoje foi  Alana karolina Santos Correia que estava com a pequena  Ana Vitória, de 2 anos e 2 meses e que tem autismo. “Engravidei durante a pandemia e já naquela época eu imaginava o dia em que iria vacinar minha filha. Agora vou iniciar o planejamento dela frequentar a escola no próximo ano e com a vacinação atualizada”, fala.

As crianças estão sendo imunizadas com a vacina Pfizer infantil, em um esquema que contempla três doses. As duas doses iniciais devem ser administradas com quatro semanas de intervalo, seguidas por uma terceira dose administrada pelo menos oito semanas após a segunda dose.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, reforça que é preciso vacinar as crianças. “Façam o agendamento no site da FMS e compareçam levando a documentação necessária. Esse é um momento de unirmos forças para que as crianças sejam imunizadas”, fala.

A vacinadora e técnica em enfermagem, Jaqueline Oliveira, explica para os pais que após a vacina as crianças podem ter leves sintomas. “Podem ser os mesmos de qualquer vacina como febre e dor no local da aplicação da vacina”, diz.

Saiba mais sobre: