Aumento de casos de Covid nas Américas preocupa OMS

Diretora da Organização Pan-Americana da Saúde afirmou que o vírus “não desaparecerá tão cedo”
Por Redação

A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa F. Etienne, pediu na última quarta-feira 18, que países das Américas adotem medidas para aumentar a vigilância, as medidas de saúde pública e a vacinação para garantir que os sistemas de saúde estejam preparados para lidar com um potencial influxo de pacientes com COVID-19. 

Com o aumento considerável registrado na região na última semana, a diretora da OPAS afirmou durante coletiva de imprensa, que o fato se deve porque muitos países abandonaram medidas de saúde pública, como uso de máscaras e distanciamento físico.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), dos 51 países e territórios nas Américas, apenas 14 atingiram a meta de 70% de cobertura vacinal, enquanto isso muitas pessoas permanecem desprotegidas e por isso um aumento significativo tem sido registrado nos últimos dias.

“Devemos ficar de olho no vírus”, afirmou Carissa F. Etienne, pedindo aos países que mantenham e fortaleçam a infraestrutura de testes e garantam que nos locais onde os auto-testes estão disponíveis, que os resultados sejam notificados às autoridades de saúde.